// codigo controlo Google Analytics Dicas de Cozinha: Como amaciar carne ~ Dicas da Avó

Dicas de Cozinha: Como amaciar carne


Primeica dica para amaciar a sua carne: coloque a carne a marinar durante algumas horas (mínimo duas horas) numa mistura de azeite e vinagre.

Outra dica é deixar uma cebola cortada em pedaços grandes junto à carne de um dia para o outro.


Para amaciar a sua carne, poderá usar leite de mamão. Mas tome atenção ao tipo de carne. Para uma peça de um quilo, recomenda-se mo máximo meia colher de leite de mamão e deixar descansar no máximo uma hora antes de assar.

Poderá recorrer, para realizar o amaciamento da carne, a um refrigerante do tipo cola (Pepsi ou Coca-Cola). Use cinquenta mililitros para meia hora de descanso da carne.

O suco do abacaxi, além de ótimo amaciante, deixa um gostinho bom e pode fazer parte do tempero.

Já em relação ao refrigerante
e ao leite de mamão, é preciso seguir com precisão a quantidade e o tempo de contato com a carne. Se as proporções estiverem erradas, poderá transformar a sua carne numa massa completamente sem consistência e sem gosto.



Misture aos bifes temperados alguns pedaços de mamão verde, ou perfure-os com um garfo, colocando sobre eles folhas perfuradas de mamão;

Corte fatias finas de abacaxi e coloque-as sobre os bifes;

Também misturar aos bifes duros e temperados um pouco de mamão verde ralado (temperar de véspera);

Esfregue suco de lima, ou de laranja azeda, por toda a carne, algum tempo antes de levá-la ao fogo.
Mas poderá também tapear derramando sobre os bifes crus um pouco de conhaque, deixando repousar por algum tempo antes de usar. Não tenha receio porque o conhaque não altera o gosto e a carne ficará bem macia;

A pinga pode substituir o conhaque; é mais barata e mais fácil de se obter;
O presunto ou o toucinho duros poderão ser amaciados quando colocados por alguns minutos em água quente.


Dicas para amaciar carnes cruas:
Se a carne que comprou no açougue (talho em Portugal) não é da categoria das mais macias (alcatra, filé), então corre o sério risco de ao servi-la à mesa, ela ser tão dura, que irá ouvir muitas reclamações por parte de quem a come, ou até, de não a quererem comer.

Amacie a carne utilizando enzimas. As enzimas mais usadas para amaciar a carne são: a papaina do mamão e a bromelina do abacaxi.

Para amaciar a carne com a ajuda de enzimas, proceda do seguinte modo:
a) Ponha no tempero algumas gotas de leite de mamão.

b) Junte aos bifes temperados alguns pedaços de mamão verde, ou perfure-os com um garfo, colocando sobre eles folhas perfuradas de mamão.

c) Corte fatias finas de abacaxi e coloque-as sobre os bifes.

Também poderá juntar aos bifes duros e temperados, um pouco de mamão verde ralado (temperar de véspera).

d) Esfregue suco de lima, ou de laranja azeda, em toda a a carne, antes de a levar ao fogo.

Outra alternativa será deitar sobre os bifes crus, um pouco de conhaque, deixando repousar durante algum tempo antes de usar. Não tenha receio em deitar esta bebida alcoólica, porque o conhaque não altera o gosto e a carne ficará mais macia. A pinga (cachaça) pode substituir o conhaque (é muito mais barata, e o povo agradece). Se não tiver ou não quiser usar conhaque ou cachaça, use um pouco de refrigerante do tipo cola.


O presunto ou o toucinho duros, poderão ser amaciados quando colocados durante alguns minutos em água quente.

Dicas para amaciar carnes cozidas:
Se a carne refogada e ensopada estiver no fogo e mesmo assim continuar dura, coloque dentro da panela uma colher de café café ou de chá de fermento em pó. A quantidade a deitar depende da quantidade da carne que estiver a usar.

Uma laranja espremida dentro do ensopado de carne que não amacia, vai deixá-lo logo macio e com uma bonita cor avermelhada. Este procedimento também é muito bom para amaciar a carne-de-sol (ou carne-seca) ensopada.
Se a carne ensopada já estiver há muito tempo no fogo e não amaciar, junte uma ou mais colheres de sopa, de uísque.

Para a carne assada amaciar, junte um pouco de conhaque ou de pinga (cachaça) e deixe-a a cozinhar  mais alguns minutos.

Cuidados no preparo das carnes, para que não fiquem duras:

Bifes comuns: Os bifes, tanto faz que sejam bem passados, no ponto ou mal-passados, deverão ser feitos sempre numa frigideira de ferro previamente bem aquecida, antes mesmo de se colocar a manteiga ou a margarina, as quais também deverão estar bem quentes, até atingirem aquela cor castanha (marron) dourada (não queimada).
Os bifes deverão também ser fritos um a um, para que não libertem água. Se isso acontecer eles irão ficar rijos e cozidos.

Bifes à milanesa: Os bifes irão ficar mais saborosos e com melhor aspecto, se forem passados primeiramente em farinha de rosca, em seguida nos ovos batidos e novamente na farinha de rosca, fazendo um pouco de pressão sobre eles com as mãos, para que a farinha fique bem aderida.
Não devem ser fritos imediatamente, pois se assim fosse, as cascas iriam soltar-se; aguarde pelo menos um quarto de hora. Depois, é só fritar em gordura quente e abundante.

Carne de vaca: Sempre que preparar lombo, pernil, costeleta e carne assada (lagarto ou outra), mergulhe-os completamente num recipiente cheio de água fria, por um período de mais ou menos uma hora, antes de colocar qualquer tempero. Isso fará com que, depois de assadas, as carnes fiquem branquinhas por dentro.
Antes de colocar essas peças em vinha-d'alhos, fure-as e esfregue toda a superfície com sal, alho amassado e pimenta-do-reino, deixando repousar por alguns instantes. Este processo permite uma melhor absorção de todos os temperos da sua vinha-d'alhos.

Carne assada de Panela: Essa carne tanto pode ser assada na panela (carne de panela) ou no forno. Se for assar na panela um lagarto redondo, este deverá ser enrolado fortemente com um barbante grosso, para que não encolha muito; depois de corado, cozinhar em lume brando.
Se essa carne que está a assar estiver a demorar muito para amaciar, coloque dentro de sua panela alguns tomates maduros, que ela irá logo ficar macia.
Se por acaso se descuidou e a carne que está no fogo queimou, passe-a rapidamente para outra panela. Junte uma cebola inteira (com casca e tudo) lavada. Ponha água quente e deixe ferver por algum tempo, até que desapareça o gosto de queimado. Faça então um refogado com óleo, cebola e tomate, ponha aí a carne e termine de a assar.

Carne assada no forno: O melhor tipo de carne para assar no forno é o lagarto redondo. O papel de alumínio é ótimo para cobrir assados no forno até que a carne esteja macia (não desmanchando). Nessa altura, o papel deve ser removido para corar a carne.
Se, ao retirar a carne assada do forno, verificar que ela está agarrada à assadeira, coloque esta sobre uma vasilha com água fria durante alguns momentos. Assim será muito mais fácil soltar o assado, sem correr o perigo de se desmanchar.
Quando o assado estiver em risco de se queimar, coloque dentro do forno uma vasilha com água fria.

Carne para sopa: Quando refogar carne para sopa, ou mesmo para fazer um ensopado, não use panelas muito pequenas, pois a carne, ao amontoar-se, solta água em vez de corar.

Bucho - Dobradinha: Antes de limpar a dobradinha, esfregue-a bem com fubá, farinha de trigo ou ainda suco de limão, para que ela fique mais agradável.
Ao cozinhar dobradinha (bucho), coloque uma rolha dentro da panela; além de apressar a sua cozedura, também vai absorver aquele cheiro desagradável que invade toda a sua casa.
Outro truque para apressar a cozedura da dobradinha, é colocar um pouco de bicarbonato de sódio dentro da panela.
Uma laranja ácida, com casca e cortada ao meio, colocada na água da sua cozedura, vai reduzir muito o seu odor.

Fígado: Mergulhe esta carne em água a ferver, para que a sua pele saia com mais facilidade.
Para atenuar o gosto forte e tornar a sua carne mais digestiva, antes de ser temperada, deixe os seus bifes ficarem de molho em leite frio durante uns quarenta minutos. Passado este tempo, deite então esse leite fora. Lave os bifes e tempere a gosto.


Mais um método para amaciar a carne: Pancadaria

a) Escolha o tipo de carne que seja bom para o amaciamento: lombo, fraldinha e vários cortes do lombo.

b) Retire a gordura da sua peça ou corte.
Deixe um pouco para dar sabor, mas livre-se dos excessos.

c) Arrefeça a sua carne.
Após cortá-la, coloque-a no freezer durante meia hora para que ela fique boa e gelada, mas não congelada. Isso ajudará a marreta a fazer o seu trabalho.

d) Use uma tábua de corte.
 Isto evitará que a marreta escorregue e bata na bancada.

e) Bata firme na carne.
Bater na carne é uma excelente forma de a amaciar. Se não Em caso de estar a preparar múltiplos cortes com este método, você também pode posicionar os cortes para que eles tenham uma grossura uniforme, o que lhe dá mais controlo sobre o preparo.
O amaciamento por pancadas com a marreta, funciona através da quebra de fibras dos cortes duros, deixando-os mais macios para a nossa mandíbula.
Irá notar que há dois lados na marreta típica de carne: um lado é dentado, enquanto que o outro é plano. Para amaciar, use o lado dentado: ele atravessa a carne e amolece o músculo. O lado plano é para achatar a carne.

f) Escolha um lado no seu corte.
Qualquer lado. Bata a carne, movendo a marreta ao redor do corte para amaciar uniformemente todos os seus pedaços. Passe um pouco mais de tempo nas partes mais grossas, esforçando-se menos nas finas. Quando já tiver batido bem num dos lados, vire a carne e repita o processo com o outro lado.
Mas tome cuidado para não se animar muito com os seus esforços amaciadores: você não quer quebrar totalmente a carne. O objetivo aqui é amaciar, e não esmagar.

Amaciar a carne usando um amaciamento Químico

a) Existem compostos químicos, ou enzimas, em muitos alimentos que quebram o tecido muscular e geram cortes deliciosos e macios sem pancadas. Alguns deles incluem: Frutas cítricas (limões e limas), alimentos ácidos (vinagre, iogurtes e vinhos) e alimentos ricos em enzimas (gengibre, abacaxi e kiwi).

b) Prepare uma marinada. Use qualquer um dos amaciadores referidos em cima (combinando-os ou não) e marine a carne por duas a  vinte e quatro horas, dependendo da força da marinada.

c) Existem amaciadores de carnes comerciais que podem ser espalhados no corte. Eles normalmente são feitos com enzimas.



Carne bovina:
a) Frite o bife em frigideira de fundo grosso. Misture manteiga e um fio de óleo para a fritura.


b) Não espete a carne durante a fritura, senão, ela perderá o seu suco natural e acabará ressecada. Para virar, use uma pinça ou espete o garfo apenas no cantinho.


c) Tempere assados e grelhados só na altura de os preparar. Isso porque temperar de véspera desidrata a carne, endurecendo-a.


d) Antes de temperar a carne, banhe a carne com caldo de abacaxi ou ananás (também pode usar leite de folhas de mamoeiro).

e) Não adicione água fria a ensopados. Qualquer líquido deve ser previamente aquecido.


f) Acrescente bicarbonato de sódio em cozidos, principalmente de costela, músculo, lagarto e coxão duro. Uma colherzinha no tempero basta. Se não tiver bicarbonato, use fermento em pó ou vinagre com azeite e deixe na geladeira.


g) Cozinhe a peça inteira em cerveja: você precisará de uma lata para cada quilo de carne.


h) Mergulhe o bife de fígado no suco de laranja. Em alguns minutos, a acidez da carne estará eliminada.

i) Deixe a carne para churrasco de molho em sal, limão, suco de laranja e refrigerante à base de cola.

j) Asse a picanha com a gordura para cima: a estratégia evita a perda da humidade natural.


Frango
a)Pincele o frango assado com manteiga (também poderá usar óleo ou margarina). Depois, é só cobrir com papel de alumínio e levar ao forno para assar.

b) Prepare um caldo de legumes. Quando estiver a ferver, acrescente o peito de frango. Espere um minuto. Desligue o fogo e deixe-o mergulhado por mais dois minutos.

c) Deixe a carne marinar no shoyu (leite de soja) com leite de coco e só retire a carne no dia a seguir.

d) Adicione meio copo de cerveja clara ao tempero. Vale acrescentar um pouco de vinagre, vinho branco ou conhaque, deixando a carne descansar.


e) Tempere com vinagre: depois de descansar no vinagre durante, pelo menos, uma hora, a carne ganhará um sabor especial.

f) Coloque uma pitada de fermento em pó no tempero para amaciar a carne. Bicarbonato de sódio também funciona.


Carne de porco
a) Deixe a carne a marinar durante um período mínimo de doze horas mergulhada no tempero. E adicione um pouco de vinho branco seco.


b) Asse o lombo no "bafo": envolva a assadeira com papel de alumínio, sem deixar frestas, e leve ao forno em lume brando (baixo).

c) Regue o pernil com molho. A carne também deve estar embrulhada em papel de alumínio. No caso da picanha, vire a gordura para cima, assim ela penetra nas fibras.

d) Acrescente suco de laranja ao tempero, pois o sumo amacia qualquer tipo de carne suína.


Peixe
a) Tire a cabeça só depois do peixe assado, senão, a parte cortada ficará seca e dura.

b) Deixe de molho no leite antes de temperar por alguns minutos. Se o peixe for congelado, descongele diretamente no leite, assim ele ficará com sabor a peixe fresco fresco.




As carnes são uma das comidas favoritas de muita gente. Mas quando duras acabam com o apetite de qualquer um. Pensando nisso, o Sabores do Chef trouxe algumas dicas de como amaciar carnes.

Confira abaixo e deixe suas carnes macias e gostosas na medida certa, em qualquer receita que você esteja preparando.
6 dicas práticas para variados tipos carnes
Com vinagre e azeite

Para amaciar carnes duras, deixe-as de molho por aproximadamente duas horas, numa mistura de vinagre e azeite de oliva.

Se isso não for suficiente, aproveite para acrescentar algumas gotas de azeite de mamão ao tempero.
Com bicarbonato de sódio

Outra opção é polvilhar bicarbonato de sódio sobre a carne e dexá-la em repouso também por duas horas.

Sempre lave a carne em água corrente antes de cozinhá-la.
Com limão

Você pode ainda espremer um suco de lima sobre a carne, esfregar bem e deixá-la de molho por algumas aulas.

como-amaciar-carnes-1.jpg iStockphoto/Thinkstock
Para amaciar bifes

Já no caso dos bifes, você pode colocá-los no tempero juntamente com alguns pedaços de mamão verde ralado ou ainda acrescentar uma colher de sopa de vinagre na água no momento de seu cozimento.
Carnes cozidas

Aliás, para amaciar a carne cozinhando, você pode também colocar uma colher de chá ou de café de fermento em pó na panela, de acordo com a quantidade de carne que esteja fazendo ou um uma colher de sopa de uísque.

Para que a carne não fique seca quando for utilizar o martelo amaciador de carne, polvilhe-a com farinha de trigo no momento de bater.
Carne assada

Já para a carne assada, regue-a com um pouco de conhaque antes de retirá-la do fogo.

Aprenderam direitinho como deixar as carnes macias e suculentas? Então estão preparadíssimas para fazer a receita de Carne com Gengibre ao modo Malaio.
















0 comentários:

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...