Como fazer uma ginjinha

Vamos aprender hoje a fazer ginjinha.

Para fazer ginjinha vamos precisar de:
a) um quilograma de ginjas (ginjas maduras mas sem qualquer tipo de beliscadura);
b) um litro de aguardente de uva (se não tiver hipótese de comprar aguardente caseira, uma "São Domingos" serve perfeitamente.);
c) setecentas e cinquenta gramas de açúcar;
se não tiver aguardente de uva, poderá utilizar vodka. Não será a mesma coisa, mas...

Modo de Preparação da ginjinha:

a) Lave as ginjas para lhes retirar o pó, e tire-lhes os pés. Depois de lavadas seque-as com papel absorvente.
b) Deite as ginjas num frasco ou garrafa de boca larga.

c) À parte misture a aguardente e o açúcar e verta o preparado sobre as ginjas.

d) Tape bem e conserve num local escuro durante três a seis meses.

e) Na primeira semana vá agitando de vez em quando a garrafa em que está a preparar o licor.

Algumas modificações À receita que lhe poderão agradar.

Há quem deixe as ginjas a macerar no açúcar durante quarenta e oito horas, e só depois junta a aguardente.

Há quem utilize as quantidades indicadas nos ingredientes, mas junte setecentos e cinquenta cl de vinho tinto de 13,5º (Junta-se o vinho para que a graduação final seja menor. E a graduação da ginja tem de ficar entre os 18/20º)  e 4 barrinhas de canela.

Há quem prefira aguardar um ano para consumir a ginjinha.


alternativa ao passo b) e c) da preparação da ginjinha: Há quem coloque as ginjas em garrafas de boca larga até um terço do volume da garrafa, e ponha o açúcar até chegar ao nível da fruta, mais um pau de canela. Tape e abane a garrafa ligeiramente para envolver o açúcar na fruta e deixe repousar até ao dia seguinte.

No dia seguinte, acabe de encher a garrafa com aguardente, tape e abane as garrafas diariamente durante pelo menos uma semana. Coloque rótulos e guarde-as num local escuro durante pelo menos três meses, ao final desse tempo prove para ver se está bom de açúcar, senão estiver acrescente mais uma ou duas colheres de açúcar conforme o gosto e volte a tapar a garrafa. Ao fim de seis meses está pronta a beber, mas aconselho vivamente a esperar um ano para provar o delicioso néctar...


Nota Importante:

Nunca use açúcar amarelo senão a ginja vai ficar com pé.



Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...