sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Como comprei o meu vestido de noiva...

Eu, tenho uma opinião que não há vestidos de noivas feios, pois alguém o achou bonito para lá estar, no suposto dia mais feliz da nossa vida. Suposto, porque não é o mais feliz, e sim um dos mais felizes da nossa vida e digo isso, porque se depois vierem os filhos, lá voltamos
nós a dizer que é o dia mais feliz da nossa vida. Mas depois que eles nascem, há muitos dias felizes, ou porque eles já gatinham, já andam, já falam, já isso e já aqui e ainda bem que é assim.
Venham lá muitos e mais dias felizes porque a gente não enjoa deles. Bem, mas a falar do meu vestido de noiva, eu o tinha idealizado e queria como estava na minha imaginação, mas colocar isso no papel, quando o tentei desenhar, uma amiga, sem saber o que eu estava a rabiscar, disse que parecia a Olivia Palitos, sim a namorada do Popeye e eu desisti. Bem, comprei o meu vestido na rua das noivas, em São Paulo, no Brasil, aonde  sempre foi o meu desejo. É uma rua enorme, que só há lojas de noivas, de um lado e do outro e na rua, há desfiles de noivas, vestidas  das mais variadas cores e feitios e eu adorei ver esse desfile, que não acontecia todos os dias, mas naquele em especial que eu lá fui, aconteceu. Eu e minha mãe, batemos perna o dia inteiro, entrando e saindo das lojas, procurando "aquele" vestido. O tratamento e a simpatia das pessoas era impecável, havia lojas que serviam canapés e champagne, mas não podíamos andar a degustar tudo, se não, podia dar para o torto... Porém a determinada altura, a minha mãe disse, vamos ao lugar aonde eu comprei o meu vestido e mudamos de bairro e em Santo André, numa rua também dedicada a noivos e noivas, lá fomos nós. E foi mágico, na primeira loja que eu entrei havia um vestido com o tecido que eu queria em exposição, porém não gostava daquele modelo, mas havia um estilista que ouviu como era o vestido que eu idealizara e enquanto falava comigo, ia desenhando sem eu poder ver e quando ele mostrou-me, eu não podia imaginar, era mesmo assim que eu queria. O meu vestido foi confeccionado por uma pessoa que apesar do profissionalismo, nunca tinha feito um vestido de noiva, mas posso dizer que o foi o primeiro vestido, lindo e confortável, de uma série de outros que a seguir viriam. E foi mesmo o dia mais feliz da minha vida, naquela altura, o primeiro de muitos outros, mas com um vestido inesquecível, o meu vestido de noiva...

Beijinhos... com véu e grinalda :)

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...