domingo, 16 de outubro de 2016

dica: fritadeira e Bimby.

Olá. Quando escrevi o artigo sobre a fritadeira que eu comprei, muitas pessoas perguntaram-me qual o modelo, se acho que as batatas fritas ficavam boas, como fazia o frango e outras tantas questões... Eu, antes de comprar, fui a algumas lojas e fiz perguntas para tirar algumas dúvidas, que eu também tinha, porém não vi demonstração alguma nem vi a máquina a funcionar, para ver se era barulhenta ou se fazia fumo, nada, nada. É pena, pois quando me interessei por uma Bimby, tive uma agente que tirou todas as minhas dúvidas e deu-me imensos conselhos e até hoje, se eu precisar ainda tenho acompanhamento neste sentido. 
O maior apoio que tive,
foi ir ao youtube e ver alguns vídeos, infelizmente alguns estão em alemão, o que não deu muito jeito. Mas de ver também se aprende. Quanto a ter escolhido a Actifry 2 em 1, fiz porque considero que as marcas, estão sempre empenhadas em melhorar o produto final e por poder fazer ao mesmo tempo, dois acompanhamentos ao mesmo tempo, acabando assim, por rentabilizar o gasto de energia.
Fiquei mais surpreendida ao usá-la, por vários motivos, não preciso estar a virar, mexer, nada, pois a parte de baixo tem uma pá, que gira na velocidade colher, como se fossemos nós a mexer a comida no tacho com uma colher de pau. A parte de baixo é fixa, só o que gira é uma pá. Na parte de cima, já é por si giratória. Também achei interessante ser anti-aderente e a tampa sai e posso lavá-la, ou seja a máquina é de fácil limpeza. 
Quanto a energia elétrica, não percebo aumento de energia e já a tenho a alguns seis meses, talvez mais.
O que me surpreendeu foi sem dúvida o sabor dos alimentos. A fritadeira, muitas vezes, ao meu ver, funciona como um forno em ponto pequeno. Já fiz imensas coisas, sempre a experimentar ou a ver outras experiências de pessoas que lograram êxito, dentre elas: macãs assadas, empadas, pão de queijo, frango, entrecosto, bifes, alheiras, legumes assados, omelete, e estou sempre a pensar em fazer novos experimentos.
O que não fica igual, na minha opinião, são as batatas fritas. As congeladas ainda ficam melhores e controlo o tempo conforme o gosto dos filhos, mais sequinha, mais douradinha. As batatas ao natural, acho que ficam comestíveis, mas nada se compara a mergulhá-las naquele monte de óleo e ficarem crocantes, deliciosas, porém como dou prioridade, à saúde, sinto muito, prefiro comer batatas fritas que não encantem os olhos, mas façam bem ao corpo.
Opinião é opinião, cada um tem a sua. Eu li algures, que quem quer comprar uma fritadeira com o único intuito de fritar batatas deveria comprar a marca da Philips, mas eu achei-a pequena e estou muito satisfeita com a minha. 
As vezes, faço douradinhos ou panados, que meus filhos gostam tanto e antes de ter a fritadeira, não ligava o forno por tão pouca quantidade, logo acabava por fazer os douradinhos fritos e não gostava nada, pois acho que faz mal à saúde. Agora, faço-os na fritadeira, só com óleo em spray e ficam bem sequinhos. Eu estou satisfeita e já indiquei a algumas amigas, que também adquiriram. Eu faço muitas coisas na Bimby, mas acho que a Actifry da Tefal vem a ser um complemento da Bimby porque deixa as coisas mais assadinhas, mais douradinhas e saborosas.
Enfim, acaba por ser economia de tempo também, pois com a pá, só coloco o tempo e estou livre para fazer outras coisas.
É isso... espero que tenha ajudado.
Beijinhos...

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...